Ir direto para menu de acessibilidade.
Você está aqui: Página inicial > Imprensa > Notícias > Prefeitura de Barra Mansa e CIEE-RJ iniciam projeto ‘Jovem Trabalhador’
Início do conteúdo da página

Prefeitura de Barra Mansa e CIEE-RJ iniciam projeto ‘Jovem Trabalhador’

Publicado: Quinta, 14 de Março de 2019, 19h56 | Última atualização em Quinta, 14 de Março de 2019, 19h56

 Iniciativa visa ofertar a jovens com idade entre 14 e 21 anos palestras, oficinas e atividades práticas que desenvolvam habilidades empreendedoras

Nesta quarta-feira (13), foi iniciada a segunda edição do projeto ‘Jovem Trabalhador’, em Barra Mansa. A iniciativa é uma parceria entre a Secretaria de Assistência Social e Diretos Humanos (SASDH) e o Centro de Integração Empresa e Escola (CIEE-RJ). Durante todo o dia, cerca de 60 jovens, com idades entre 14 e 21 anos, participaram da iniciativa que teve o objetivo de traçar estratégias visando o fortalecimento dos futuros profissionais no mercado de trabalho. As palestras, que seguem o programa ACESSUAS Trabalho, foram ministradas no Centro Universitário de Barra Mansa (UBM).

De acordo com a coordenadora de Vigilância Socioassistencial de Barra Mansa e coordenadora do projeto, Daniele Vaz, a continuidade do trabalho se deve aos resultados obtidos em 2018.  A perspectiva é de que em julho deste ano, ocorra uma nova edição do projeto. “Tivemos um saldo muito positivo no ano passado e isso nos motivou a continuar orientando esses jovens. Aqui eles têm a oportunidade de desenvolver as habilidades profissionais e de vislumbrarem chances para se tornarem empreendedores. O resultado está sendo muito satisfatório”, expressou a coordenadora.

Um diferencial nesta edição foi a participação do gerente do Sine-BM, Lucas Andrade. “Além da dinâmica e palestra, abordei sobre o empreendedorismo e como são oferecidas as vagas de empregos no município. O mais gratificante é ver o empenho e a confiança desses jovens. Acredito que esse seja o caminho natural para conseguir ingressar no mercado de trabalho”, frisou Lucas.

Para a assistente social do Ciee, Mariana Abreu, o grande diferencial do curso é  ofertar aos jovens uma visão ampla sobre o mercado de trabalho e as possibilidades de se tornarem profissionais qualificados e bem direcionados às áreas que melhor se identifique com o seu perfil. “Entre os objetivos do projeto, um deles é desenvolver as competências de cada um e informar sobre os direitos humanos. Buscamos capacitar, orientar e desenvolver a interação entre os colegas, através das dinâmicas e palestras”, explicou Mariana.

O jovem estudante, Daniel Santos de Araújo, 17 anos, morador da Vista Alegre, avaliou o projeto. “Esta sendo muito interessante. Essa sem duvida é uma oportunidade que vai trazer muitos frutos e futuramente ajudar bastante na nossa qualificação profissional”, pontuou.

registrado em:
Fim do conteúdo da página