Ir direto para menu de acessibilidade.
Você está aqui: Página inicial > Imprensa > Notícias > Dia D contra o Sarampo acontece neste sábado, dia 15
Início do conteúdo da página

Dia D contra o Sarampo acontece neste sábado, dia 15

Publicado: Quarta, 12 de Fevereiro de 2020, 18h11 | Última atualização em Quarta, 12 de Fevereiro de 2020, 18h11

 

Unidades de Saúde abrirão de 8 às 17 horas para atender as demandas do município

 

A Secretaria de Saúde de Barra Mansa, seguindo as orientações do Ministério da Saúde, realiza no próximo sábado (15), o Dia D Nacional de Mobilização contra o Sarampo. A estratégia integra a nova etapa de imunização contra a doença e é voltada para crianças, jovens e adultos na faixa etária de seis meses a 59 anos.

Com o conceito “Mais proteção para a sua família”, a campanha visa sensibilizar pais e responsáveis sobre os riscos de não vacinar seus filhos, e reforça que o sarampo é uma doença grave e pode matar. A campanha segue até 13 de março.

De acordo com a coordenadora do Departamento de Imunização, Marlene Fialho, todas as unidades da rede de saúde funcionarão de 8 às 17 horas para atender as demandas do município. “A vacinação é extremamente importante, por ser a única forma de conter a alta transmissibilidade e a propagação do sarampo. Para se ter ideia, uma pessoa com a doença pode contaminar até 18 indivíduos. Outro fator diz respeito à letalidade, que é grande, principalmente em crianças”, destacou.

Marlene informou ainda sobre a necessidade de apresentação da caderneta de vacinação na unidade de saúde. “Com o documento é possível verificar a atualização das doses vacinais. Vale lembra que pessoas com suspeita de sarampo, imunocomprometidas, gestantes e crianças com menos de seis meses de idade não devem tomar a vacina. Alérgicos a proteína do leite e a proteína do ovo devem informar essa condição para que recebam conduta específica”, explicou a coordenadora.

 

DADOS DO SARAMPO

Informações da Secretaria Municipal de Saúde dão conta que a mais de 10 anos não há registros da doença em Barra Mansa. No entanto, em 2019, o Rio de Janeiro 420 casos confirmados da doença, o que representa uma alta expressiva na comparação com os 20 episódios de 2018. Este ano, até o momento, já existem 91 casos de sarampo em todo o Estado. Em 2019, em todo o Brasil, 9% dos municípios (526) registraram 18.203 casos confirmados e 15 óbitos por sarampo.

 

VACINAÇÃO - Para viabilizar a ação em todo o país, o Ministério já encaminhou neste ano 3,9 milhões de doses da vacina tríplice viral, 9% a mais que o solicitado pelos estados. O quantitativo é destinado à vacinação de rotina, às ações de interrupção da transmissão do vírus e à dose extra chamada de ‘dose zero’ para todas as crianças de seis meses a 11 meses e 29 dias.

O objetivo da campanha, que faz parte das ações do Movimento Vacina Brasil, do Ministério da Saúde, é ampliar a cobertura vacinal de crianças e jovens, em faixas etárias que ainda não haviam sido convocadas e nem vacinadas, evitando o risco de propagação do sarampo no país.

registrado em:
Fim do conteúdo da página