Ir direto para menu de acessibilidade.
Você está aqui: Página inicial > Imprensa > Notícias > Prefeitura de Barra Mansa faz levantamento parcial de entulhos e volumosos recolhidos após as chuvas
Início do conteúdo da página

Prefeitura de Barra Mansa faz levantamento parcial de entulhos e volumosos recolhidos após as chuvas

Publicado: Quarta, 15 de Janeiro de 2020, 14h43 | Última atualização em Quarta, 15 de Janeiro de 2020, 14h43

Até o momento, 105 caminhões com 400 toneladas foram retirados dos bairros mais atingidos pela catástrofe

O resultado das chuvas catastróficas em Barra Mansa trouxe à tona, muito mais que lama e água em alguns pontos do município. De acordo com o Serviço Autônomo de Água e Esgoto (Saae) do município, a quantidade de lixo e entulho que foram descartados de forma indevida rendeu cerca de 400 toneladas no total. Desse quantitativo, 80 toneladas foram de materiais volumosos, como vegetação, móveis, madeira, colchão, entre outros. A ação, além de prejudicar o meio ambiente, contribui diretamente com o transbordamento dos rios e entupimento dos bueiros.

Desde a última forte chuva, ocorrida no final de semana, 92 funcionários do Saae estão trabalhando de 07 às 19h para minimizar os danos, trabalhando com remoção de materiais e lavagem das ruas. Para auxiliar nesse serviço, a equipe conta com 11 caminhões, sendo oito basculantes e três carrocerias fixas, quatro retroescavadeiras e três caminhões pipas.

O prefeito de Barra Mansa, Rodrigo Drable, lembrou que no último domingo esteve no bairro Colônia Santo Antônio e, segundo ele, a situação que estava a margem do rio é lamentável. “Observamos que na galeria do rio tinham muitos pneus, latas e sacolas de lixo. Novamente peço encarecidamente à população que usem mais a consciência. Não queremos que essa situação aconteça toda vez que tiver uma chuva. Vamos continuar trabalhando para minimizar os danos, mas precisamos desse comprometimento de todos”, expressou o prefeito.

O diretor executivo do Saae-BM, Fanuel Fernando, também fez um apelo. “Vamos sempre trabalhar com prontidão para resolver os problemas, mas não adianta agirmos com presteza se o motivo desse serviço for por conta da ação humana. Precisamos nos conscientizar e praticar boas ações ambientais para que problemas como esses se reduzam até chegar ao nível zero”, solicitou o diretor, que reforçou que o município tem a cobertura quase completa do serviço de Coleta Seletiva.

De acordo com o coordenador de Resíduos Sólidos, Jackson Rabelo, já foram recolhidos mais de 100 caminhões de lama, entulho e terra. “As equipes estão divididas nas áreas mais atingidas, que são Colônia Santo Antônio, Siderlândia, Vila Coringa, São Francisco, Getúlio Vargas, Ano Bom e Santa Rosa. Ainda nessa semana vamos iniciar o serviço no bairro Santa Izabel e região”, finalizou.

Para evitar a entrada de água e danificar ainda mais o acesso na Rua A, do bairro Colônia Santo Antônio, o Saae-BM realizou a recomposição original de bloquete, acabando com os buracos na localidade.   

registrado em:
Fim do conteúdo da página