Ir direto para menu de acessibilidade.
Você está aqui: Página inicial > Imprensa > Notícias > Barra Mansa fortalece diálogo sobre uso de energia solar no Médio Paraíba
Início do conteúdo da página

Barra Mansa fortalece diálogo sobre uso de energia solar no Médio Paraíba

Publicado: Sexta, 10 de Janeiro de 2020, 20h23 | Última atualização em Sexta, 10 de Janeiro de 2020, 20h23

Seminário a ser realizado no dia 17 de fevereiro irá debater formas de implantação e uso deste tipo tecnologia

 

Barra Mansa está entre as cidades que tem o melhor potencial para geração de energia solar no estado. Para debater a inclusão do município no cinturão desta fonte energética no Médio Paraíba, o secretário municipal de Meio Ambiente, Vinícius Azevedo, se reuniu na tarde da última quinta-feira (9) com o deputado federal Luiz Antônio Côrrea, com o presidente e o vice da Associação Comercial, Industrial, Agropastoril e Prestadora de Serviços (Aciap –BM), Bruno Paciello Sobrinho e Carlos Magno, o vereador Wellington Pires e empresários da área.

Durante o encontro, que aconteceu na sede da Aciap-BM, foi apontado que Barra Mansa está situada em uma região que possui boa radiação solar, o que facilita o uso desse tipo de energia.

O secretário municipal de Meio Ambiente, Vinícius Azevedo explicou a proposta. " Esse tipo de energia gera renda, emprego e é uma atividade sustentável. Estamos fomentando uma tecnologia de vanguarda e ecologicamente correta”, explicou.

No encontro foi debatida a realização do 1º Seminário de Fomento de Energia Solar em Barra Mansa. O evento será aberto ao público e está marcado para o dia 17 de fevereiro, 18h30, na sede da Aciap-BM. “A iniciativa é da Prefeitura em parceria com a Aciap e temos como o público alvo os produtores rurais que queiram gerar esse tipo de energia e grandes empresas consumidoras do município”, informou Vinícius Azevedo.

O deputado federal Luiz Antônio Côrrea, autor da lei 6156/19 que incentiva o uso de energia solar e defensor da sua não taxação, explicou as mudanças que este tipo de energia traz para a economia. “Cooperativas de agricultores e pecuaristas podem adotar a energia solar como forma de baratear os custos da produção e evitar a interrupção de abastecimento”. Luiz Antônio ainda explicou que áreas rurais não utilizadas podem ser transformadas em espaços para instalação de painéis solares para abastecimento de energia para empresas.

A sede da Aciap-BM fica na Avenida Domingos Mariano, nº 196, no Centro.

registrado em:
Fim do conteúdo da página