Ir direto para menu de acessibilidade.
Você está aqui: Página inicial > Imprensa > Notícias > Rodrigo Drable e governador em exercício visitam bairro Nova Esperança
Início do conteúdo da página

Rodrigo Drable e governador em exercício visitam bairro Nova Esperança

Publicado: Quinta, 09 de Janeiro de 2020, 19h28 | Última atualização em Quinta, 09 de Janeiro de 2020, 19h28

 

Acompanhado de comitiva do Estado, Cláudio Castro reafirmou a construção de 400 casas para atender famílias que residem em área de risco e anunciou os serviços de reparos na ponte de acesso ao fórum do município

 

O prefeito de Barra Mansa, Rodrigo Drable, o governador do Estado do Rio em exercício, Cláudio Castro, os secretários de Estado de Infraestrutura e Obras, Bruno Kazuhiro, de Ambiente e Sustentabilidade, Altineu Gomes, e o deputado estadual Marcelo Borges, o Marcelo Cabeleireiro, visitaram no começo da tarde desta quinta-feira, dia 09, a Rua Florianópolis, no bairro Nova Esperança, local duramente atingido pelo transbordamento do Rio Barra Mansa durante as chuvas que caíram na região na tarde da última quarta-feira (08). Na oportunidade, avaliaram a situação das casas e lojas comerciais afetadas pelas águas, conversaram com moradores e informaram sobre o processo de construção de quatrocentas casas direcionadas às famílias que residem em áreas ribeirinhas ou próximas de encostas.

Segundo Cláudio Castro, o processo para a construção dos imóveis segue três etapas, duas delas já foram realizadas. “Ainda hoje, vamos encaminhar com o prefeito Rodrigo Drable sobre o terreno onde as habitações serão construídas. Nossa intenção é começar a obra ainda este ano”, destacou o governador em exercício.

Drable disse que nos próximos meses a Prefeitura, por meio da Secretaria de Habitação e Interesse Social, entregará 680 unidades habitacionais do Programa Minha Casa Minha Vida. “Quando realizamos o cadastramento das famílias, boa parte das pessoas que residem nesta localidade se manifestou contrária a deixar suas casas. Elas têm dificuldadespara entender que esse problema só será definitivamente resolvido com a desocupação da área. Permanentemente realizamos a limpeza do rio. Retiramos os detritos da natureza, como galhos e folhas de árvores, mas também muito entulho produzido pela população. A limpeza ameniza a situação, mas não resolve o problema. Portanto, vamos continuar encaminhando o processo de construção das 400 casas e esperamos que, de fato, as famílias que aqui residem entendam o quanto essa iniciativa é importante para as suas vidas”, ressaltou o prefeito.

Agentes da Defesa Civil do Estado e do Município, vereadores e lideranças comunitárias acompanharam a visitação.  Em seguida, a comitiva seguiu para as proximidades do Fórum de Barra Mansa, onde Rodrigo Drable apresentou ao governador em exercício os problemas estruturais que afetam a ponte de acesso ao tribunal. Lembrou que pelo local trafegam ônibus com detentos e o risco sobre uma possível operação de resgate.

Claudio Castro esclareceu que a Emop (Empresa de Obras Públicas do Estado do Rio de Janeiro) concluiu o estudo sobre a vazão de água do Rio Barra Mansa, que corta a localidade, e que o resultado será encaminhado para o DER (Departamento de Estrada de Rodagem). “A Secretaria da Casa Civil já garantiu os recursos para esta obra. Estamos trabalhando para que seja executada ainda este ano”, afirmou Castro.

Prefeitura atua para amenizar efeitos da chuva

Nesta quinta-feira, o dia foi de muito trabalho para os moradores das áreas ribeirinhas ao Rio Barra Mansa, no Nova Esperança.Desde as primeiras horas da manhã, eles realizaram a retirada da lama e de móveis e eletrodomésticos danificados pelas águas das chuvas.

Diversos órgãos da prefeitura atuaram para amenizar os problemas. Equipes do Saae (Serviço Autônomo de Água e Esgoto) foram distribuídas entre os bairros São Luis, Colônia Santo Antônio, Santa Clara e Região Leste para a realização dos serviços de raspagem de lama, retirada de entulhos e volumosos, além de limpeza das vias públicas.

Especificamente na Rua Florianópolis, no Nova Esperança, a Vigilância em Saúde Ambiental realizou a distribuição de cloro para a limpeza das casas. Agentes da Secretaria de Assistência Social percorreram as residências a fim de verificar o grau de comprometimento das famílias, além de verificar a necessidade de água potável, alimentação e roupas. Também investigaram a situação cadastral perante programas sociais. A Guarda Municipal atuou no desvio e organização do trânsito na localidade.

O volume de chuvas desta quarta-feira em Barra Mansa, segundo informações da Defesa Civil, atingiu 49 mm. No bairro de Carfanaum, local onde é efetuada a leitura do pluviômetro, a medida chegou a 54,6 mm.

As sirenes dos bairros Nova Esperança e Boa Sorte foram acionadas e os pontos de apoio foram abertos. Não houve vítimas por conta da compreensão da população a esse tipo de situação.

Até o momento, não há registros de desabrigados. Um casal procurou o ponto de apoio, onde permaneceu por algumas horas, sendo assistidos pela equipe da Secretaria de Assistência Social e Direitos Humanos.

O nível do Rio Bananal chegou a 4,10m. Apesar do volume, não houve transbordamento. A cheia ocorreu em função das fortes chuvas em Bananal (SP), onde foi registrado 70 mm de chuvas em 24 horas.

Equipes trabalharam ainda na remoção dos destroços de um muro que, desmoronou com a chuva e obstruiu um dos acessos da Rua Michel Wardine, no Centro.

 

Fotos: Paulo Dimas

registrado em:
Fim do conteúdo da página