Ir direto para menu de acessibilidade.
Você está aqui: Página inicial > Imprensa > Notícias > Rodrigo Drable se reuniu com representantes culturais de Barra Mansa
Início do conteúdo da página

Rodrigo Drable se reuniu com representantes culturais de Barra Mansa

Publicado: Sexta, 22 de Novembro de 2019, 17h11 | Última atualização em Sexta, 22 de Novembro de 2019, 17h11

Encontro serviu para apresentar ao Executivo propostas de modificações do Conselho Municipal de Cultura

Artistas e agentes de diversas representações culturais de Barra Mansa se reuniram com o prefeito Rodrigo Drable, na manhã desta sexta-feira (22), para apresentar as propostas de readequação do Conselho Municipal de Cultura. Dentre as proposições estão a inclusão de novos setores de representatividade negra e a redução de uma cadeira da Sociedade Civil e do Poder Público. Atualmente o conselho conta com 20 integrantes. Com a nova sugestão esse número cai para 18.

Após a apresentação das propostas, Drable sugeriu a ampliação do debate, por meio de audiência com o envolvimento de mais agentes da sociedade e dos vereadores. Esse encontro foi definido para o dia 04 de dezembro, às 18h, no Parque Natural de Saudade, quando serão discutidos os detalhes das ideias e a nova formação do Conselho.

O prefeito Rodrigo Drable explicou o motivo de um novo encontro, com mais autoridades envolvidas. “Para falar sobre democracia e justiça temos que justificar quais ações que cada represente eleito irá exercer em prol da população e também explicar quais os motivos da redução de cadeiras e as substituição de alguns segmentos. Para isso é importante que a Câmara também esteja presente para acompanhar e opinar sobre as ideias e propostas do Conselho”, disse.

Rodrigo ainda expressou sua opinião sobre a funcionalidade dos Conselhos de Cultura. “Um bom conselho é aquele que conta com a grande participação da sociedade. Por isso a importância de que as pessoas envolvidas tenham representatividade para garantir que as ações desenvolvidas tenham pluralidade e adesão da população”, completou o prefeito.

De acordo com o presidente da Fundação Cultura Barra Mansa e membro do Conselho, Marcelo Bravo, a proposta de adequação do Conselho se dá pelo fato de alguns setores não terem participação dos membros e também da população. “Nós recebemos as propostas no Fórum Municipal de Cultura e acolhemos a inclusão da cultura afro, hip hop, capoeira e artesanato, que não tinham representação no conselho. São setores que cresceram muito no município e agora podem ter representatividade, se aprovada a ideia”, contou.

Presentes na reunião estiveram representantes do artesanato, hip hop, cultura afro, capoeira, artes visuais, literatura, dança, de produtores e agentes culturais.   

Após o encaminhamento da mensagem com projeto de lei do Conselho Municipal de Cultura, haverá um prazo para convocação do Fórum para eleger os novos conselheiros de acordo com sua composição.

registrado em:
Fim do conteúdo da página