Ir direto para menu de acessibilidade.
Você está aqui: Página inicial > Imprensa > Notícias > Barra Mansa ganha Centro Regional de Reabilitação
Início do conteúdo da página

Barra Mansa ganha Centro Regional de Reabilitação

Publicado: Quinta, 11 de Julho de 2019, 21h45 | Última atualização em Quinta, 11 de Julho de 2019, 21h46

Nova unidade oferecerá serviços de excelência e funcionará na antiga Unidade de Pronto Atendimento (UPA) da região Leste

 

Ampliando os atendimentos médicos no município, será instalado em Barra Mansa um Centro de Reabilitação de projeção regional. Situada na antiga Unidade de Pronto Atendimento (UPA) da Região Leste e com previsão para mais de mil atendimentos por dia, a clínica funcionará diariamente, das 07h às 22h, oferecendo serviços de excelência em reabilitação, como nos casos de distúrbios neurológicos, pós-traumas e acidentes vasculares.

A iniciativa visa utilizar a estrutura já existente, ofertando um local especializado e de referência em uma das áreas médicas mais procuradas em clínicas e hospitais. O projeto vem sendo debatido e construído desde o começo do ano, com o apoio do Governo do Estado e do médico e ex-prefeito de Volta Redonda, Gothardo Lopes Netto. A previsão é que o centro seja entregue até o fim deste ano.

- Nós temos feito um grande esforço para Barra Mansa ser uma referência na área da Saúde na região. Temos alcançado sucesso com serviços de hemodiálise, oncologia, cardiologia e agora estou determinado em trazer para Barra Mansa um centro de reabilitação de excelência. Teremos o melhor centro de reabilitação do interior do estado, informou o prefeito de Barra Mansa, Rodrigo Drable.

O médico Gothardo Lopes Netto explicou que há uma necessidade muito grande desse tipo de serviço em Barra Mansa. “Como um incentivador da questão da Saúde no estado do Rio, principalmente na nossa região, vi a importância da implantação de um grande Centro de reabilitação físico-motora no município e que vai acabar atendendo a região como um todo. A proposta é que pessoas que são submetidas a procedimentos cirúrgicos ou que sofram qualquer tipo de lesão tenham como reestabelecer suas funções plenas de saúde. Para isso elas precisam de uma atenção especializada para sua total reabilitação. Antes não tinha essa estrutura, agora terá”, explicou o médico, que trará um dos maiores nomes da reabilitação do país para o Centro de Reabilitação.

De acordo com o secretário de Saúde de Barra Mansa, Dr. Sérgio Gomes, há muitos anos o município aguarda essa conquista e hoje essa notícia traz a tona um grande sentimento, a gratidão. “Nosso objetivo é atender as principais necessidades dos munícipes em relação à saúde pública. Esse espaço ofertará atendimentos de urgência e emergência, além de dar continuidade em tratamento com pessoas deficientes e de fisioterapia”, expressou.

Ainda segundo o secretário, a Região Leste conta com uma ampla rede de unidades de saúde. “Somando as unidades de saúde em toda a Região Leste, temos como resultado nove postos. Ter mais um espaço, que futuramente pretendemos inserir outras especialidades, é mais uma opção para que os moradores dos bairros próximos não se desloquem para outros pontos do município”, frisou o secretário.

O presidente da Associação de Moradores do bairro Mangueira, na Região Leste, David Pereira Neto, comemorou a novidade e garantiu que a população está contente com a oportunidade de ter acesso a mais um serviço de saúde. “Todo o tipo de serviço que tem como objetivo cuidar da nossa saúde é bem vindo. Estamos muito felizes em ver essa preocupação e zelo. Ter esse atendimento aqui vai facilitar nossa mobilidade e nos poupar tempo e dinheiro”, disse.

Em relação ao fechamento da UPA, o líder considerou como algo negativo em primeiro momento, mas positivo posteriormente, já que o novo espaço atenderá muito mais pessoas que a antiga unidade.  "Não adianta nós termos uma UPA que só vai atender 30 pessoas, porque a gente sabe que uma unidade deste porte não pode atender um número pequeno de moradores como estava acontecendo no passado, causando o seu fechamento. É melhor nós termos um centro de reabilitação que vai atender mais de mil pessoas por dia", disse o presidente.

Já o morador do bairro Nove de Abril, Francisco Barbosa, conhecido como Tainha, também celebrou a notícia e garantiu que o espaço será muito bem aproveitado. “Nós nunca esperamos precisar utilizar os serviços médicos, porém se tivermos a necessidade, estaremos com esse espaço mais próximo à comunidade. Barra Mansa está avançando e nós estamos acompanhando na torcida”, agradeceu.

registrado em:
Fim do conteúdo da página